Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

quinta-feira, julho 28, 2016

Wine Experience reúne lazer, gastronomia e vinho

Evento acontece entre os dias 28 e 31 de julho no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis.
 O Costão do Santinho Resort, em parceria com a Decanter Importadora, preparou um final de semana especial com o Wine Experience, de 28 a 31 de julho. Estarão disponíveis 46 rótulos para degustação e aquisição no Lounge Decanter, com descontos especiais para o evento.
Destaque para o Jantar francês, workshop e almoço italiano com o produtor Pallavicini/Claudio Latagliata, Noite Africana com o sommelier Diego Arrebola, duas vezes o melhor do Brasil e a experiência “Eu, Enólogo” com o editor da revista Vinho Magazine, Eduardo Viotti.
Foto: Divulgação/Decanter
O evento inclui ainda noite de jazz, vinoterapia, coquetel à beira-mar, workshop de vinhos catarinenses com a sommelière Regina Essenburg, de vinhos gaúchos com o jornalista, escritor e sommelier João Lombardo, e de azeites com Paulo Freitas. 
À beira mar, o Costão do Santinho oferece quadra poliesportiva, complexo aquático, academia completa, campo de futebol, campo de golfe, seis restaurantes, sauna seca e úmida, Costão SPA, oito quadras de tênis e 750 mil metros quadrados de área verde.
A Decanter
Uma das mais destacadas importadoras de vinhos do Brasil, a Decanter foi eleita a Importadora do Ano pela revista Gula. Fundada em Blumenau, em 1997, conta com mais de 50 distribuidores e uma rede de Enotecas Decanter nas principais cidades do país. Seriedade, respeito ao cliente e política de preços convidativos são os suportes desse crescimento, aliados à esmerada seleção de vinhos que dá corpo à empresa.
ServiçoWine Experience 
Data:
 De 28 a 31 de julho
Local: Costão do Santinho Resort, Florianópolis.
Mais informaçõeshttp://costao.com.br/pacotes/wine-experience

sábado, julho 09, 2016

Pizza e vinho: a combinação perfeita

Com texto da Presse Comunicação Empresarial

Sommelier apresenta harmonizações especiais para o Dia da Pizza, celebrado no dia 10 de julho.

Doce ou salgada, ela é a opção perfeita para diferentes ocasiões e vai bem a qualquer hora do dia: a pizza. De origem italiana, ela é um dos pratos mais apreciados e famosos do mundo inteiro. No Brasil, o dia 10 de julho tornou-se especial por ser marcado como o Dia da Pizza. Para celebrar, o sommelier da Decanter, Sidney Lucas, sugere algumas harmonizações com vinho para deixar a massa ainda mais saborosa.

Preparada em um disco, a pizza salgada é regada ao molho de tomate e coberta com ingredientes variados como o queijo, ervas e outras especiarias. Entre as mais pedidas está a Margherita. “O prato consiste em massa fresca com molho cremoso, queijo mussarela e manjericão. É uma ótima opção para ser acompanhada com o vinho Alves de Sousa Cume do Pereiro 2013”, conta Lucas.

Para quem gosta de um sabor mais forte, o sommelier aconselha a pizza de presunto de parma e mussarela de búfala, harmonizada com o vinho Medici Ermete Concerto Lambrusco Reggiano. Ou quatro queijos, “Pizza ai Quattro Formaggi”, que combina perfeitamente com o vinho Artero Legado Garnacha 2014.

Decanter

Uma das maiores e mais destacadas importadoras de vinhos do Brasil, a Decanter foi eleita a Importadora do Ano, na edição anual de vinhos da revista Gula. Fundada em Blumenau, em 1997, conta com mais de 50 distribuidores por todo o país, além da rede de Enotecas Decanter. Seriedade, respeito ao cliente e uma política de preços convidativos têm sidos alguns dos suportes desse crescimento.  No entanto, é a esmerada seleção de vinhos que dá corpo à empresa.

quinta-feira, junho 23, 2016

23/06/16 - Decanter Wine Dinner acontece hoje em Florianópolis


Evento ocorre hoje e contará com a presença do renomado chef escocês Alex Floyd e do sommelier da Decanter, bicampeão brasileiro, Guilherme Corrêa.

Os amantes do vinho poderão participar do Decanter Wine Dinner, em Florianópolis, que trará uma seleção imperdível. O evento ocorre no dia 23 de junho, a partir das 20h30, e apresentará um jantar harmonizado, elaborado pelo renomado chef escocês Alex Floyd e pelo sommelier bicampeão brasileiro, Guilherme Corrêa.

Foto Decanter/Divulgação
Para dar entrada ao cardápio, serão servidas mini bruschettas variadas, com tartar de garoupa defumada com manga, batata cremosa e azeite extra virgem; creme de feijão branco com polvo poché ao vinho tinto com especiarias; coxinha de pato e molho agridoce de abacaxi; anchova assada, pirão de camarão com café, laranja, couve frita e sal preto. As especiarias podem ser combinadas com duas opções de vinho: o branco, Eschendorfer Lump Riesling Kabinett Trocken 2012 ou o laranja, Teodor Belo Selekcija 2013.

Como prato principal, no jantar, haverá olhete grelhado com crosta de brioche e alga, holandaise de frutas cítricas, azeite extra virgem e legumes maçaricados. Segundo o sommelier, este prato é perfeito para ser harmonizado com o vinho branco, Kompassus Reserva Branco 2012. Outra opção para o jantar será o filet mignon  forestier com bunn porcini, polenta cremosa e farofa de pinhão. O prato pode ser combinado com o vinho tinto Malbec 2009, servido ao lado de Château Lagrézette 2009.
Para finalizar a noite, a sobremesa sablé breton - com mousse de chocolate, pera poché, calda de caramelo e sorvete de pistache - será acompanhada pelo vinho tinto 10 Year Old.

Decanter
Uma das maiores e mais destacadas importadoras de vinhos do Brasil, a Decanter foi eleita a Importadora do Ano, na edição anual de vinhos da revista Gula. Fundada em Blumenau, em 1997, conta com mais de 50 distribuidores por todo o país, além da rede de Enotecas Decanter. Seriedade, respeito ao cliente e uma política de preços convidativos têm sidos alguns dos suportes desse crescimento.  No entanto, é a esmerada seleção de vinhos que dá corpo à empresa.

Serviço
Decanter Wine Dinner
Data:
23 de junho de 2016
Horário: 20h30
Local: Enoteca Decanter de Florianópolis – situada na Rua Hermann Blumenau, nº 207, Centro.
Valor: R$ 210,00/pessoa (gastronomia e vinhos).


quarta-feira, abril 06, 2016

Florianópolis terá degustação de Vinhos de Portugal no dia 15 de abril

Texto de Taís Dihl - .DOC Assessoria de Comunicação


Road Show terá novidades como um ‘Wine Games’ que distribuirá prêmios aos consumidores

Cultura e diversão. É isso que a “Degustação dos Vinhos de Portugal 2016” vai proporcionar em Florianópolis (SC) em abril. O retorno dos produtores portugueses à capital catarinense acontecerá no dia 15 de abril, das 16h às 22h, no Hotel Mercure Convention (Rod. Admar Gonzaga, 600 – Itacorubi). Mais de uma dezena de vinícolas de todas as regiões produtoras de Portugal estão confirmadas.
Além do prazer de provar toda a diversidade dos vinhos de Portugal elaborados a partir de mais de 250 uvas autóctones identificadas, o evento trará muita diversão aos presentes. Pela primeira vez em Florianópolis, uma degustação de vinhos terá um “Wine Games”, que funcionará das 19h às 22h, onde os consumidores poderão usufruir de diversos jogos com a temática do vinho. Quatro mesas estarão à disposição dos participantes – com quatro rodadas cada uma, com a capacidade total de 80 consumidores. Não haverá aposta em dinheiro, as fichas serão gratuitas, mas os jogadores ganharão prêmios a cada rodada. A programação ainda inclui outras surpresas no evento mais descolado de vinhos que Floripa já viu.
As novidades são uma atração a mais para os apreciadores dos vinhos portugueses, que estão no topo do ranking dos países europeus que mais vendem rótulos aos consumidores brasileiros. “Portugal se caracteriza por elaborar rótulos diferenciados e únicos. Nossas uvas autóctones, únicas e exclusivas, são um grande atrativo para quem aprecia bons vinhos”, afirma o Diretor de Marketing da ViniPortugal, Nuno Vale.
Consumidores pagamA experiência única de degustar dezenas de vinhos portugueses e ainda se divertir no “Wine Games” custará R$ 92. As vagas são limitadas. É proibida a entrada de menores de 18 anos, mesmo se estiver acompanhado dos pais. A compra de ingresso antecipado deve ser feita pelo site ou aplicativo para celular Ingresse. A entrada no evento só será permitida para quem apresentar o comprovante de pagamento impresso ou no celular.

Profissionais
Outros 150 profissionais do setor poderão entrar gratuitamente no evento, desde que façam sua inscrição antecipada [no link abaixo] e apresentem comprovação de que trabalham no ramo de bebidas ou gastronomia. Além de documento com foto, o profissional deverá mostrar um dos itens a seguir: cartão-visita; cópia do cartão de CNPJ da empresa, cópia do Certificado de Sommelier da ABS (Associação Brasileira de Sommeliers) ou outra instituição ou outro comprovante que ateste que trabalha no setor.
A prova de vinhos contará com a presença de produtores vindos diretamente de Portugal e seus rótulos brancos, tintos, rosés, espumantes e vinhos fortificados. O road show dos Vinhos de Portugal estará, além de Florianópolis, em Curitiba no dia 11 e em Porto Alegre no dia 13. 


Consumidores: www.ingresse.com.br/ingressos-degustacao-dos-vinhos-de-portugal2016-florianopolisDúvidas podem ser respondidas pelo e-mail viniportugal@exponor.com.br. A confirmação da inscrição será informada por e-mail.
SERVIÇO

Degustação dos Vinhos de Portugal 2016 em Florianópolis

Data: 15 de abril
Local: Hotel Mercure Convention
Rod. Admar Gonzaga, 600 - Itacorubi, Florianópolis – SC
Horários:Profissionais – das 16h às 22h
Consumidores – das 19h às 22h
Masterclass (palestra com degustação)
15h30 às 16h30h  – limitado a 30 profissionais do setor



sexta-feira, outubro 30, 2015

Vídeo-receitas de Halloween!

Aprenda comigo a fazer múmias de salsicha e o suco do Drácula para divertir a criançada nesse Halloween!

E as receitas estão aqui, na minha coluna Cozinha de Estar do Jornal Notícias do Dia. Feliz Dia das Bruxas!

sexta-feira, outubro 16, 2015

23/10/2015 - Cogumelos comestíveis, hummmmm!

por Luciane Daux 
Luciane Daux
Cogumelos são fungos e existem em profusão na natureza. Aqueles comestíveis são fantásticas fontes de proteína, além de terem pouquíssimas calorias. Acrescentar cogumelos frescos ou secos a uma receita é garantir sucesso à mesa. Agora imagina quando ele é o ingrediente principal, caso dos nossos de hoje, recheados? Mesmo os champignons em conserva são valorosos.  Na hora do apuro, saque um vidro deles da sua despensa e invente. Quem sabe um estrogonofe de última hora?

Como limpar?
Frescos
- Jamais, de forma alguma, lave cogumelos frescos! Eles são sensíveis e, como uma esponjinha, absorverão a água prejudicando a sua aplicação na receita. O correto é tirar os resquícios de terra ou alguma sujeirinha com uma escovinha macia, papel toalha ou um paninho úmido. Os talos dos cogumelos Paris, Portobello, Terras Altas, Castanhos, por exemplo, são comestíveis. Já os do shitake, shimeji (o bulbo) e hiratake ostra devem ser retirados por são muito resistentes.
Secos – Os cogumelos secos devem ser passados em água corrente para remover poeirinhas e outros e, em seguida, hidratados em água, caldo ou vinho morno, para que retornem à textura macia e sejam usados nos seus melhores forma e sabor. 

Cartoccio de file de linguado com
legumes ao estilo mediterrâneo é o prato do
Ristorante Sapori di Pasta, da Pousada Morada
dos Bouganvilles, para a 5ª edição do Festival Gastronômico.
Foto: Moniky Bitencourt.
Começa hoje: festival gastronômico na Praia do Rosa
A Praia do Rosa, em Imbituba, é um destino disputado pelas suas belezas, excelentes opções de hospedagem e pela gastronomia bem variada, com restaurantes premiados, estrelados no Guia 4 Rodas e certificados pelo site de ranking mundial Trip Advisor. De hoje até o dia 25 de outubro os apreciadores da boa mesa também poderão desfrutar da 5ª edição do Festival Gastronômico Sabores do Mundo Praia do Rosa onde, em restaurantes participantes do evento, o visitante poderá pedir um prato da casa a um valor único de R$39.  Nos sábados e domingos do festival outras atrações acontecem, como Workshops, Cursos, Cook Shows com chefs locais, apresentações de músicos e bandas na Praia do Rosa. No sábado 24 de outubro está programado o Concurso Cozinhando no Rosa. Informações sobre o evento: www.praiadorosa.imb.br

Workshops harmonizados de gastronomia japonesa
Serão seis os módulos independentes de gastronomia japonesa que serão ministrados pelo consultor gastronômico William Yoshikawa. O primeiro módulo  vai enfocar o salmão e o atum, peixes mais apreciados pelos adoradores daquela gastronomia. Os alunos vão colocar as mãos na massa, aprendendo a limpá-los e cortá-los, finalizando com a degustação do produto da aula harmonizado com três vinhos. Esse primeiro workshop acontecerá das 10 às 14h do dia 24 de outubro, na Enoteca Decanter de Florianópolis, e as inscrições se encerram no dia 21/10. Informações pelo fone 3223-1500.

Fernanda Mattos
Bolos e solidariedade
Especiarias Bolos, especializada em bolos artesanais,  vai destinar parte de suas vendas do mês de outubro para a compra de leite em pó e fraldas geriátricas para as crianças e idosos atendidos pelo projeto Mãos à Obra. Escolha entre os mais de vinte e cinco sabores nas linhas tradicionais, especiais e integrais, colabore e delicie-se. Olha esse bolo de limão tahiti com cobertura de leite condensado e suco de limão. Gente!


Conchiglioni recheados ao molho de funghi secchi
(6 porções)
Recheio:
200g peito de peru defumado
3 colheres (sopa) de farinha de rosca
100ml creme de leite

Molho bechamel:
100g de manteiga
100g farinha de trigo
1 litro de leite integral
Noz moscada a gosto
Sal a gosto

Funghi secchi:
60g funghi secchi
100ml de vinho tinto seco
200ml creme de leite

300g de conchiglioni de grano duro cozidos al dente
200g de queijo parmigiano fralado para polvilhar

1.       Processar o peito de peru defumado com a farinha de rosca e o creme de leite. Formar bolinhas com a mão e rechear os conchiglioni com essas bolinhas. Acomodar os conchiglioni em um refratário untado. Cubra e reserve.
2.       Lave os funghi secchi em água corrente. Aqueça 200ml de água e coloque os funghi de molho nessa água por 30 minutos. Escorra, reserve a água. Pique os funghi, junte à água que estava de molho, o vinho tinto e reserve.  parte, fazer o bechamel derretendo a manteiga, fritando a farinha em fogo baixo, acrescentando o leite integral aos poucos, mexendo sempre para não empelotar. (se empelotar, passe no liquidificador ou peneira). Acerte o sal, junte a noz moscada e mexa até engrossar.
3.       Acrescente ao bechamel o funghi picado, a água aonde o funghi estava hidratando, o vinho tinto e o creme de leite. Deixe levantar fervura, acerte o sal e desligue.
4.       Cubra os conchiglioni com o molho funghi ainda quente, polvilhe com o queijo parmigiano ralado e leve ao forno para gratinar.

Daniel Queiróz
Cogumelos recheados com gorgonzola     ---> acompanhe no NDonline a nossa vídeo-receita
(6 porções)
2 colheres (sopa) azeite de oliva
2 dentes de alho picados
50g de vinho branco
100g caldo de vegetais
18 cogumelos tipo Paris ou Terras Altas médios
40g farinha de rosca
100g queijo gorgonzola
4 colheres (sopa) de  parmesão ralado
30g de salsinha picada
Pimenta do reino e sal a gosto

1.       Limpe os cogumelos com um pano úmido ou papel toalha (jamais passe os cogumelos em água!).
2.       Retire os cabinhos dos cogumelos e pique-os. Reserve os chapéus.
3.       Murche o alho com o azeite de oliva. Junte os cabinhos picados e refogue bem até que fiquem bem macios.
4.       Acrescente o vinho branco e o caldo de legumes e deixe levantar fervura.
5.       Desligue, junte a farinha de rosca, acerte o sal e pimenta.
6.       Recheie os chapéus dos cogumelos colocando embaixo 1/18 avos do gorgonzola e cobrindo com o refogado. Polvilhe com parmesão.
7.       Leve ao forno alto, e pré-aquecido, por 15 minutos ou até os cogumelos ficarem macios.

Assista a VÍDEO-RECEITA dos Cogumelos Recheados:



sexta-feira, outubro 09, 2015

09/10/2015 - Jogos de comer: dia das crianças

O jogo da Velha recebeu esse nome por ser a diversão entre senhoras que se reuniam ao fim da tarde para conversar e bordar, na Inglaterra do século XIX. No entanto, leituras me mostraram que escavações arqueológicas deram conta que, no século XIV a.C., no Egito, já havia referências à simples diversão. Hoje trouxemos duas versões comestíveis para fazer junto com a meninada no Dia das Crianças. Tenho certeza que os adultos vão querer brincar também...

Empório da Papinha/Divulgação
Para facilitar: papinhas saudáveis congeladas
Refeições ultra congeladas, para não perder o sabor e as propriedades nutritivas, são a novidade trazida pela primeira franquia em Florianópolis do Empório da Papinha, no Shopping Iguatemi.  De sopas a ratatouille, as papinhas são preparadas com ingredientes orgânicos e prometem agradar os bebês e toda a família. Uma  combinação de saúde e praticidade, ideal para a correria do dia a dia. 

Divulgação
Frutas e verduras frescas em forma de suco
Sucos que contêm, em média por garrafa, um quilo de combinações diferentes de frutas e verduras frescas e uma quantidade enorme de potencial de cura, são o grande diferencial da Pure Food. É o que conta a nutricionista e chefe de cozinha Maria Pia Gallucci, quando fala dos cinco sucos prensados a frio (Green, Beta Mix, Antioxi e Sunset) da marca encontrada em mais de 25 pontos de venda em SC, entre eles Hippo, Angeloni e Imperatriz . Especializada em comida e bebidas saudáveis, a Pure Food (www.purefood.com.br) é daqui de Florianópolis e, além dos sucos, tem também leite vegetal, shake, chá, sopas, pastas de amendoim e massas. Tudo sem glúten e sem conservantes. Ótima notícia!

La Mia Dolce Vita/Divulgação
Doce Infância
A edição limitada de palhas italianas com sabor de Leite Ninho, criada pela La Mia Dolce Vita para o Dia das Crianças, está fazendo tanto sucesso também entre os adultos que a chef pâtissier Giulia Librizzi tem recebido pedidos – inclusive o meu – de manter a exclusividade no seu mix, junto com os já consagrados sabores de Nutella e pistache, entre outros. Um docinho elegante e com sabor de infância. Amei! Ali, na Travessa Harmonia.

Kopenhagen/Divulgação
Adicionar legenda
O gatinho da Kopenhagen
Criada exclusivamente para agradar o paladar infantil, e lançada para comemorar o Dia das Crianças, a série de produtos-conceito para a família Língua de Gato tem o fofo Lingato como mascote. O gatinho branco, que é apaixonado por leite, além de ilustrar embalagens também será vendido em  forma de bichinho de pelúcia, nas lojas físicas e no site loja.kopenhagen.com.br

Daniel Queiroz
Jogo da Velha da Joaninha
3 tomatinhos italianos vermelhos
3 tomatinhos italianos amarelos
4 azeitonas pretas
12 folhas de manjericão
6 fatias de pão de forma sem casca
3 fatias de queijo mussarela
4 fatias de presunto
Cream cheese
Ciboulettes
1 cenoura

1. Unte três fatias de pão com cream cheese e coloque ali uma fatia de queijo e outra de presunto. Tampe com outras três fatias de pão.
2. Com a ajuda de cortadores de biscoito ou uma faca bem afiada, faça doze mini sanduichinhos, que servirão como pedras do jogo da velha. Sobre cada sanduichinho coloque uma folha de manjericão.
3. Corte os tomatinhos ao meio e com pedacinhos de azeitona imite a cabeça de uma joaninha. Com as ciboulettes faça as anteninhas.
4. Monte as pecinhas do jogo colocando uma joaninha de tomate sobre cada sanduichinho.
5. Corte quatro tiras de uma cenoura e faça a grade do jogo da velha.

Cia União
Jogo da Velha de biscoito
5 colheres (sopa) de açúcar refinado 
2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
Raspas de 1 laranja
5 colheres (sopa) de manteiga gelada 
2 gemas
1 colher (sopa) de chocolate em pó 
1. Em uma tigela, misture o açúcar refinado, a farinha, as raspas de laranja, a manteiga e a gema. Amasse delicadamente com as pontas dos dedos até formar uma massa homogênea. Separe cerca de 1/3 da massa e acrescente o chocolate. Embale as massas separadamente com plástico filme e leve à geladeira por 30 minutos.
2. Coloque a massa branca entre 2 folhas de plástico próprio para alimento e abra com o  auxílio de um rolo até obter cerca de 0,5cm de espessura. Corte um quadrado de 14x14cm e reserve. Abra a massa de chocolate na mesma espessura e corte 4 tiras finas (0,5 cm de largura) para fazer a marcação no quadrado de massa branca. 
3. Abra novamente o restante das massas e corte com um cortador de biscoitos formando as outras peças do jogo. Coloque os biscoitos  em uma assadeira forrada com papel manteiga e asse em forno preaquecido por cerca de 20 minutos ou até dourar.
4. Dicas: a) Experimente trocar as raspas de laranja por raspas de limão ou essência de baunilha. a) Ao invés de usar chocolate em pó, use corante alimentício em gel para colorir os biscoitos. c) Para a brincadeira ficar mais divertida use cortadores de diversos formatos e decore com confeitos.
5. Fonte: Açúcar União - www.ciauniao.com.br

sexta-feira, setembro 25, 2015

25/09/2015 - Namastê: cozinha indiana alegre e perfumada

por Luciane Daux 
Namaste significa “o Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em ti”. Cozinhar, como gesto de amor, é uma forma de saudar as divindades que nos habitam e àqueles que queremos bem. A cultura indiana carrega fortemente essa expressão na sua mesa colorida, alegre, repleta de aromas e de respeito aos ingredientes. Muitos temperos perfumam a casa e dão sabor à comida, e começa aí a experiência que culmina em uma explosão de sensações.

Bombay Divulgação
Temperos
Curry, açafrão, gengibre, pimenta dedo-de-moça, canela em pau, cravo da Índia, anis estrelado, cardamomo, coentro fresco, manjericão e louro estão entre os temperos, especiarias e ervas mais utilizadas na cozinha indiana. O garam masala (foto) é um dos temperos que mais uso, e na sua composição estão coentro, pimenta do reino, gengibre, canela, cravo, cardamomo, noz moscada, pimenta calabresa e casca de laranja. Imagina que sabor!

Divulgação
Bindi – as mulheres indianas casadas usam o enfeite na testa como uma proteção para si e os maridos, simbolizando também o terceiro olho, o olho da sabedoria, o sexto sentido.

Tchai
É um tipo de chá indiano. Essa é a minha receita, as pode variar conforme o gosto individual: uma xícara (chá) de chá preto e outra de leite, ferventes. Coloco em um bule com um pau pequeno de canela, dois de cada: pedacinhos de gengibre, cravos da índia, cardamomos e uma colher (sopa) de açúcar demerara. Deixo em infusão por 15 minutos e está pronto. Delícia!

Divulgação
Cinema | A 100 passos de um sonho
Já havia recomendado aqui, mas é tão pertinente ao nosso tema que volto ao assunto. Duas horas de êxtase para quem gosta de cinema, gastronomia, romance, bucólicas paisagens da França e cultura indiana. Com humor e inteligência, o filme conta a saga do jovem chef indiano Hassan e sua família ao abrirem um restaurante étnico exatamente em frente ao de Madame Mallory, um clássico francês em busca da segunda estrela Michelin. Isso tudo acontecendo um pequeno vilarejo da França, com belíssima fotografia. Excelente direção, fotografia e produção.



Revista Gula
Ostradamus premiado
Mais uma vez o restaurante Ostradamus emplaca um prêmio nacional. Dessa vez, o amigo talentoso e empreendedor Jaime Barcelos divide o prêmio com os Sommeliers Eduardo Silva (eleito o melhor sommelier do Alentejo no Brasil) e Samuel Dias de Oliveira, e levou o reconhecimento de Melhor Adega do Brasil 2015, pela Revista Gula. A adega, um charme, foi construída pelo irmão de Jaime, Amauri Leôncio, abaixo do nível do mar, e abriga mais de 270 rótulos. Afinal, a harmonização com as famosas ostras depuradas  e estamos no melhor da safra delas - merece a escolha perfeita. Parabéns!

Blend Gourmet Hamburgueria

Tuany Silva
O Blend Gourmet Hamburgueria inaugurou no mês passado e a inspiração em pubs londrinos e hamburguerias parisienses resultou num projeto arquitetônico descolado e aconchegante, na Rua Arno Hoeschel. No cardápio, hambúrgueres selecionados e um mix especial de drinques. São seis sanduíches: salmão, linguiça Blumenau (foto), cordeiro, picanha, blend (seleção de carnes nobres) e vegetariano (feito com cogumelos e quinua).

Daniel Queiroz 
Chutney picante de frutas  - acompanhe o vídeo dessa receita no NDonline
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 de cada: cebola roxz em tirinhas e dente de alho picado
4cm de gengibre picado
1 de cada:  flor de anis estrelado e pau de canela
3 cravos da índia
2 colheres (sopa) de pimenta dedo-de-moça sem sementes, picada
2 de cada: manga tomi descascadas e picadas maçã verdes sem casca picadas
4 fatias de abacaxi fresco picadas
½ xícara (chá) de damascos picados
150g de açúcar mascavo ou demerara
2 colheres (sopa) de cada mostarda Dijon e curry em pó
200ml de vinagre branco
1 xícara (chá) de uvas passas
Sal a gosto

1. Em uma panela de fundo grosso aqueça o azeite de oliva em fogo médio.
2. Junte a cebola e o gengibre e refogue até murcharem. Junte o alho, mexa até murchar.
3. Junte agora o anis estrelado, a canela em pau, o cravo da Índia e a pimenta dedo-de-moça e refogue por um minuto. Adicione agora a manga, a maçã verde, o abacaxi picados, o damasco picado, o açúcar mascavo ou demerara, a mostarda e o curry em pó. Quando o açúcar desmanchar, adicione o vinagre branco e mexa bem.
4. Deixe cozinhar por aproximadamente 30 minutos, mexendo bem e com cuidado para não pegar no fundo. Quando o chutney estiver cobrindo as costas da colher, junte as uvas passas, acerte o sal e desligue.
5. Deixe esfriar na panela e transfira para potes com tampa.
6. Mantenha na geladeira por 5 dias ou congele.
7. Se desejar, pode adicionar mais açúcar e pimenta.

Assista a VÍDEO-RECEITA de Chutney:


Luciane Daux
Arroz Pulau com Frutas Secas – adaptação da receita do chef Felipe Rameh
6 xícaras (chá) de arroz basmati cozido
4 colheres (sopa) bem cheias de manteiga clarificada
2 tiras de cada: casca de limão siciliano e casca de laranja
2 de cada: flores de aniz estrelado e dentes de alho com casca, amassados
2 cm de gengibre em fatias
6 cardamomos amassados
1 colher (sopa) de cada: sementes de coentro, sementes de cominho e garam masala
1 xícara (chá) de cada:  mix de castanha de caju, amêndoas e avelãs ou castanha do Pará e mix de damascos secos, figos secos, uvas passas brancas
6 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
2 colheres (sopa) de folhas de coentro fresco picadas
Sal a gosto

1. Em uma frigideira grande, em fogo médio, derreta a manteiga. Junte as cascas de limão e laranja, os dentes de alho inteiros, o gengibre, os cardamomos, as sementes de coentro, as sementes de cominho, o aniz estrelado, e salteie até começar a perfumar.
2. Adicione o garam masala e as frutas secas picadas. Misture bem. Agora junte o arroz cozido, e mexa até que aqueça. Acerte o sal. Desligue, junte o suco de limão siciliano e as folhas de coentro.
3. Dica: lave bem o arroz (umas três vezes) antes de cozinhar. Cozinhe somente até deixa-lo al dente, para que não grude.

sexta-feira, setembro 18, 2015

18/09/2015 - Flores comestíveis: pratos lindos e saborosos

por Luciane Daux 

Flores sempre formam uma imagem agradável e alegre. Pois saiba que além de enfeitarem, algumas espécies são, também, comestíveis, têm um paladar bastante peculiar e guarnecem doces e salgados. As mais tradicionais são a capuchinha, o amor-perfeito, a calêndula e até a rosa. Quem não lembra das codornas ao molho de pétalas de rosa, do filme Como Água Para Chocolate?

Nova Cozinha de Estar: vídeo-receitas e dicas
A partir dessa semana a Cozinha de Estar ganha mais espaço e nova posição dentro do jornal impresso. No NDonline, teremos pequenos vídeos com receitas, curiosidades e dicas, aumentando as oportunidades de troca entre a coluna e leitores, além do email lucianedaux@hotmail.com. Assista o vídeo de estreia sobre a Pavlova Preguiçosa!  Ganhamos também um vizinho querido e bem-vindo, o jornalista e sommelier João Lombardo, que vai enriquecer ainda mais nossa leitura falando sobre vinhos.

Consul
Obra prima para gelar cerveja
A Consul acaba de lançar uma edição limitada da sua Cervejeira, cuja arte tem cores e formas que traduzem jovialidade, versatilidade e dinamismo foi desenvolvida por Stefane Pepeliascov, estudante de Design Gráfico do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. A cervejeira tem capacidade para armazenar até 75 latas de 350 ml e ainda comporta diferentes embalagens de cervejas, como garrafas e barris em níveis de resfriamento variam de 5° a -4° graus. À venda nas lojas Fast Shop e nas loja online da Consul.

Se você está achando uma extravagância isso de comer flores, vai se surpreender quando se der conta que elas estão no nosso dia-a-dia sem que percebamos. A alcaparra é o botão de uma flor. Também são flores o brócolis, a couve-flor e a alcachofra. E a flor de abobrinha italiana (foto), quando recheada com ricota e nozes, por exemplo, é um prato requintadíssimo. No entanto, é importante lembrar que só se usam as flores comestíveis cultivadas para este fim, pois as comercializadas em floriculturas normalmente têm agrotóxicos, altamente impróprios para consumo.

Dica: amor perfeito glaçado
Para fazer amor-perfeito glaçado, basta passá-lo em clara de ovo batida com um pouco de água, e polvilhá-lo com açúcar refinado. Uma delícia – e uma beleza para enfeitar tortas, sorvetes e docinhos em geral. Se o amor-perfeito tiver sido produzido sem agrotóxico, pode-se comê-lo glaçado. 

Daniel Queiroz
Pavlova preguiçosa de flores e frutas 
(para 8 pessoas)
Digo preguiçosa porque a verdadeira pavlova é montada sobre um suspiro gigante, crocante por fora e macio por dentro. Aqui vamos facilitar e usar suspiros prontos
1 pacote de suspiros de 100g (gosto da marca Pauli, mas há outras boas)
1 caixinha de morangos limpos
2 kiwis descascados e cortados em rodelas
Amoras, framboesas, mirtilos e polpa de maracujá a gosto
Flores comestíveis
500ml de creme de leite fresco bem gelado (da garrafinha)
3 colheres (sopa rasas) de açúcar
Sementes de ½ fava de baunilha ou 1 colher (chá) de essência de baunilha
1.       Coloque o creme de leite fresco bem gelado em uma batedeira e bata em velocidade média. Quando começar a encorpar, adicione as sementes de baunilha e o açúcar e bata até ponto de chantilly.
2.       Coloque os suspiros em uma travessa, deixando-os amontoados em camada dupla. Por cima coloque o chantilly às colheradas, displicentemente.
3.       Cubra com as frutas picadas a gosto e as flores comestíveis.
4.       Mantenha na geladeira até o momento de servir e só então adicione a polpa de maracujá.

Assista a vídeo-receita:


Luciane Daux
Anel de alcachofra
(para 8 pessoas)
6 corações de alcachofra grandes ou 8 médios (em conserva, bem escorridos)
4 ovos inteiros
 100ml de creme de leite fresco (nata)
100g de cada: queijo parmesão em pedaços e queijo emmenthal em pedaços
60g de farinha
1 cebola picada
2 colheres (sopa) de manteiga
1 maço de salsinha
Farinha de rosca o necessário
Sal a gosto
Ciboulette para decorar

1.       Refogue a cebola na manteiga até murchar (sem dourar). Junte os corações de alcachofra cortados em 4 partes e refogue rapidamente. Desligue e leve tudo ao liquidificador. Bata até obter um creme liso.
2.       Ainda no liquidificador, junte os ovos, a nata, o queijo parmesão e o ementhal, a farinha, salsinha e sal a gosto. Bata até ficar bem misturado.
3.       À parte, unte uma forma de furo com manteiga e passe farinha de rosca. Coloque a mistura na forma e leve ao forno médio (180oC) pré-aquecido EM BANHO MARIA por 45 minutos.

4.       Deixe descansar por 10 minutos e desenforme no prato de servir. Decore com as alcachofrinhas.

terça-feira, setembro 15, 2015

por Luciane Daux 
A expressão “arroz de festa” nasceu ainda no tempo do Império, quando o arroz doce, sobremesa trazida para o Brasil pelos portugueses, não podia faltar nas recepções da corte, e depois em todas as casas. Resumindo, é aquele que está presente em todas. A verdade é que quase todo mundo gosta muito de arroz. Para variar a sua apresentação, hoje ele vem em roupagem italiana e com praticidade.

Luciane Daux
Novo Nipô Sushi
Os amantes da cozinha japonesa já sabiam, mas eu só pude ir visitar o novo endereço na semana que passou. Ainda na SC 401 mas agora anexo ao Primavera Garden Center, as novas instalações são bem mais amplas e charmosas. O cardápio, cheio de pratos diferentes, é maravilhoso. Não deixe de provar o Baterá: sushi prensado, salmão batido, ovas de capelim e o surpreendente chantilly de wasabi.

Concurso gastronômico na Fenaostra: participe
A Festa Nacional da Ostra volta a acontecer neste mês, em Florianópolis. A Faculdade Estácio, em parceria com o programa Florianópolis Cidade Criativa Unesco da Gastronomia, vai trazer novamente o concurso de gastronomia para dentro da Fenaostra. Haverá a competição nas categorias acadêmica e profissional, realizadas nos dias 17 de setembro, na Unisul, e no dia 18 de setembro, no campus da Estácio na SC 401. Informações e inscrições através do site www.floripamanha.org.

Divulgação
10ª edição da Benefest 
No dia 27 de setembro, no Music Park Jurerê Internacional, acontecerá a 10ª Benefest. Neste ano com organização do Grupo All , muitos eventos musicais estão sendo preparados para animar a feijoada que é importante fonte de recursos para o Cedep, ligado ao Instituto Padre Vilson Groh, que atende crianças e adolescentes do bairro Monte Cristo.  Os ingressos custam R$ 70,00  e podem ser adquiridos na Blueticket e Cedep (9108-6944).

Camil
Torta de liquidificador de arroz
1 xícara e meia (chá) de leite
meia xícara (chá) de óleo
2 ovos
2 xícaras (chá) de arroz cozido
1 pitada de sal
meia xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
150 g de presunto ralado no ralo grosso
150 g de queijo muçarela ralado no ralo grosso
orégano seco a gosto

Para polvilhar:
queijo parmesão ralado

Para untar e enfarinhar:
óleo
farinha de trigo

1.    Unte e enfarinhe uma assadeira retangular pequena (26 x 18 cm) e reserve.
2.    Preaqueça o forno em temperatura média (180°C).
3.    Coloque no liquidificador o leite, o óleo, os ovos, o arroz cozido e o sal e bata por 1 minuto ou até ficar homogêneo.
4.    Transfira para uma tigela, junte a farinha de trigo, o fermento e misture até ficar homogêneo.
5.    Coloque metade da mistura na assadeira reservada. Distribua o presunto, o queijo e o orégano sobre a massa.
6.    Cubra com o restante da massa, polvilhe o queijo parmesão e leve ao forno por 30 minutos ou até que, enfiando um palito, este saia seco. Sirva em seguida.
7. Rendimento: 6 porções. Fonte: Camil.

Bunge Brasil
Arancini à primavera
1 colher (sopa) de óleo de soja com canola 
¼ cebola picadinha 
½ abobrinha, sem miolo, ralada e bem picadinha 
½ cenoura, limpa, ralada e bem picadinha 
2 xícaras (chá) cheias de arroz cozido
2 ovos 
3 colheres (sopa) de farinha de trigo 
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado 
1 colher (sopa) de salsa picadinha (3 g)
Sal e orégano a gosto 
60 g de muçarela cortadas em 8 retângulos ou cubinhos
Ovos e farinha de pão para empanar
Óleo de soja com canola para fritar

Em uma frigideira, leve o óleo de soja com canola para aquecer. Junte a cebola e doure. Adicione a cenoura e a abobrinha, deixe fritar rapidamente, desligue o fogo e reserve.
Em uma tigela leve para misturar os legumes, o arroz, os ovos, a farinha de trigo, o queijo parmesão e a salsa, até que todos os ingredientes estejam bem unidos. Se necessário adicione um pouco mais de farinha de trigo e de sal.
Montagem: Divida a massa em oito porções e modele-as em forma de bolinhas. Coloque o pedaço de muçarela ao centro e feche a massa dando em seguida um formato achatado ou arredondado. Passe-os pelo ovo e em seguida pela farinha de pão
Em frigideira funda, revestida com teflon, leve um pouco de Óleo de soja com canola para aquecer. Acomode de 3 a 4 bolinhos e, em fogo médio-alto, frite-os de um lado e depois de outros até que dourem. Sirva-os quente.
 Fonte: Óleo de soja Soya/Bunge Brasil
Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu